Curso Sobre o Tabernaculo

O Tabernáculo

CURSO SOBRE O TABERNÁCULO

 

O ALUNO RECEBERA EM SUA CASA UMA APOSTILA IMPRESSA E + DVD DE AULAS EM VIDEO

 

O Tabernáculo

 

"No primeiro mês, no primeiro dia do mês, levantarás o tabernáculo da tenda da congregação."

 

" בְּיוֹם-הַחֹדֶשׁ הָרִאשׁוֹן, בְּאֶחָד לַחֹדֶשׁ, תָּקִים, אֶת-מִשְׁכַּן אֹהֶל מוֹעֵד."

 

Êxodo 40:2

 

O Tabernáculo ( Hebraico: המשכן), também conhecido como morada, era um lugar sagrado onde D'us escolheu para atender os israelitas, durante os 40 anos no deserto. Era o lugar onde os líderes e as pessoas se reuniam para adorar e oferecer sacrifícios.

O Tabernáculo

O tabernáculo foi erguido no deserto, exatamente um ano após a Páscoa, quando os israelitas foram libertados da escravidão egípcia. Era uma tenda móvel com mobiliário portátil com que as pessoas viajaram e estabeleciam onde quer que eles acamparam. O tabernáculo estaria no centro do acampamento, e as 12 tribos de Israel irão criar as suas tendas ao redor dele de acordo com a tribo.

 

A instrução sobre como construir o tabernáculo foi dada a Moisés no deserto, que em seguida deu as ordens para os israelitas.


O tabernáculo era mais do que uma morada. Todos os componentes do tabernáculos eram parte de uma ajuda visual para ilustrar a relação de D'us com Seu povo. Um aspecto dessa relação era a exigência de D'us de completa obediência. D'us disse a Moisés para criar o tabernáculo exatamente do jeito que Ele mandou.


De acordo com a Bíblia, duas vezes por dia, um sacerdote ficaria em frente do altar de oração dourado e queimava incenso

Tabernáculo – Morada de Deus – No Velho Testamento - Grande barraca onde eram realizados os atos de adoração durante o tempo em que os israelitas peregrinaram pelo deserto, depois de sua saída do Egito ( Ex. 25-27). O tabernáculo continuou a ser usado até que o templo foi construído pelo rei Salomão em Jerusalém. No Novo Testamento não é mais necessário essa figura para habitação de Deus, Atos 7:48 – “...não habita o Altíssimo em casas feitas por mãos humanas...” – Em I Co. 3:16 – “...sois o santuário de Deus e o Espírito de Deus, habita em vós”.

Altar do Holocausto – ficava fora do tabernáculo – No Velho Testamento - lugar onde era sacrificado animais queimados em sinal de que o ofertante se dedicava completamente a Deus – Ex. 29:18 – Hb. 10:6 – No Novo Testamento essa figura foi substituída pela Cruz de Jesus Cristo, onde ele se ofereceu de uma vez para sempre

 Santo Lugar – parte do tabernáculo em que ficava a mesa dos pães da proposição"Os 12 pães, cada um pesando dois quilos, que eram arrumados em duas pilhas sobre uma mesa que ficava no SANTO LUGAR. Eles representavam a ALIANÇA das 12 tribos com Javé. Eram trocados no sábado, sendo os pães velhos comidos pelos sacerdotes (Lv 24.5-9; Êx 25.30, o Candelabro e o Altar do incenso.

 Altar do Incenso – ficava no tabernáculo no Santo Lugar – Ex. 30:1-10 – No Velho Testamento o incenso era uma resina aromática de certa arvores. Era queimada nas cerimônias de adoração a Deus. O incenso era símbolo das orações que subiam para Deus - Salmos 141:2.

Candelabro – Grande castiçal com 7 braços , cada um com a sua lâmpada – Ex. 25:31-40 – ficava no Lugar Santo do Tabernáculo - No Velho Testamento, representava a presença de Deus - No Novo Testamento o candelabro é um tipo de Cristo, nossa luz (Jo 1:4,5 – 8:12, 9:5) brilhando na plenitude do Espírito Santo.

 Santíssimo Lugar – A parte mais sagrada do Tabernáculo - "Pequeno lugar atrás do véu do tabernáculo (e do templo), onde a presença de Deus permanecia; lugar onde somente o sumo-sacerdote podia entrar e onde era guardada a Arca da Aliança. (Levítico 16:1-34, II Crônicas 3:8-14)."

 Arca da Aliança – ficava do Lugar Santíssimo do Tabernáculo - Ou arca de Deus(1Sm 3,3), era um cofre de madeira recamado de ouro (Ex 25,1-22), sinal visível da presença do Deus invisível no meio do povo. Aos israelitas não era permitido representar a divindade por meio de imagens ou esculturas. No entanto a fé precisa de suportes sensíveis e a arca preenchia tal necessidade. Tanta era a fé do povo na arca sagrada, que por vezes a levavam ao campo de batalha, persuadidos de que assim Deus mesmo lutaria a seu lado (1Sm 4,2-11). Era chamada da aliançaou também do testemunho, porque nela estavam guardadas as tábuas da Lei, base da aliança de Deus com Israel. A arca foi colocada no recinto do Santo dos Santos do templo de Jerusalém (1Rs 8,1-9). Perdeu-se com a destruição de Jerusalém em 587 aC (2Rs 25,1-21).

 Sumo Sacerdote -  mais alto cargo no sacerdócio (Levitico 16) em Israel, tinha como tarefa representar Israel no Dia da Expiação – Hebreus 9:7-8. No Novo Testamento essa figura representa Cristo – Hebreus 9:11-15.

 

ÍNDICE

 

O Tabernáculo e A Graça de Deus

O Tabernáculo e Como O Tabernáculo Revela Cristo

O Tabernáculo e A Soberania de Deus

O Tabernáculo e O Suprimento das Necessidades para A Sua Construção

O Tabernáculo e Deus Pai

O Tabernáculo e Deus Filho

O Tabernáculo e Deus Espírito Santo

O Tabernáculo e O Mediador

O Tabernáculo e O Sacrifício de Cristo

O Tabernáculo e O Sangue

O Tabernáculo e O Sal

O Tabernáculo e O Céu

O Tabernáculo

Os Materiais e os Artífices

A Mesa dos Pães

A Arca da Aliança

O Castiçal

A Cobertura Bordada com Querubins

As Tábuas e Travessas do Santuário

O Santuário do Tabernáculo

O Véu

O Altar dos Holocaustos

A Porta para o Pátio Externo

O Sumo Sacerdote

O Altar de Incenso

A Pia

As Ofertas

Os Filhos de Israel

Os Levitas

 

 

 

ficha técnica

Código: 10349
Páginas: 130
Tamanho: A4
Categoria: Teologia Velho Testamento
Ano: 2013
Autor: Setead - Seminário de Teologia
 
 
 

 

 

 

Contacto

SETEAD - SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO TEOLÓGICA KERIGMA DIDACHE CNPJ : 11.440.946/0001-95 CAIXA POSTAL: 5201 CEP: 72010-971 BRASILIA/DF
BRASILIA
72010-971
+55.6191795857 falecomsetead@gmail.com